Como unir a maternidade ao empreendedorismo?

Coach de mães dá dicas para mulheres que sonham com o empreendedorismo e muitas vezes não conseguem conciliá-lo com a atenção aos filhos

As mulheres chegaram a um patamar atual de não só apenas precisar trabalhar: a profissão também é uma maneira de sentir orgulho de si mesma.

E muitas, com a chegada da maternidade, recorrem ao empreendedorismo com a ideia de ter mais tempo para os pimpolhos. Mas será que essa é uma tarefa fácil?

Isabela Cotian, psicóloga e coach de mães, ressalta que suas pacientes sempre buscam um novo ofício para conseguirem acompanhar os filhos.

“Algumas vezes, a mulher também acaba perdendo a conexão com o trabalho que desempenhava antes da maternidade, e busca uma carreira com mais propósito”, explica.

Poder ver andar, o nascimento dos dentinhos, os primeiros passos, levar e buscar na escola, participar das atividades do dia a dia, sentir um abraço e ver seu sorriso, fazer registro de tudo e brincar são alguns dos motivos que fazem com que as mamães optem por novos horizontes profissionais.

E é nesse contexto que entra o empreendedorismo.

“Com certeza, ao empreender, a mulher consegue definir melhor a rotina, ter horários mais flexíveis e autonomia. O fato de poder estar perto do filho e participar das atividades diárias dele são os maiores motivadores”, confirma.

Como conciliar o empreendedorismo à vida de mãe?

Isabela ressalta que é preciso ter foco.

“Isso se consegue definindo prioridades, sendo assertiva e produtiva, além de criando ao invés de se ocupando”.

Ela aconselha que as mulheres tenham presença quando estão com os filhos, realmente se conectando a eles ao invés de estar no celular ou até mesmo pensando em outras coisas do trabalho.

Leia mais  Camilla Martins dá dicas de como lidar com uma equipe desmotivada no ambiente de trabalho

“Quando se está em família, realmente ela deve curtir esse momento. E quando está trabalhando, focar nas responsabilidades e resultados profissionais, sabendo delegar ou pedir ajuda quando necessário”, ressalta a psicóloga.

Isabela Cotian é piscóloga e coach de mães

Trabalhar em casa é sinônimo de estar na ativa 24 horas?

A coach de mães salienta que é importante estabelecer uma rotina de blocos. E como seria isso?

“É quando cada dia da semana tem um bloco específico de cada área, como, por exemplo, na parte da manhã atividades com o filho, depois com a casa, e na parte da tarde as atividades profissionais. Agrupar as atividades de cada bloco específico faz ser assertiva, começando e terminando cada atividade dentro do tempo pré-estabelecido para aquele bloco”, esclarece.

Dicas para empreender e ter sucesso!

Isabela separou 10 sugestões para que não só as mulheres que sejam mães, mas todas, tenham mais êxito em sua jornada empresarial.

  1. Trabalhe com o que você ama. Mesmo trabalhando muito mais, você se sentirá realizada;
  2. Analise o mercado e a concorrência;
  3. Tenha um propósito inabalável e saiba exatamente o porquê você quer empreender;
  4. Faça um planejamento detalhado;
  5. Avalie quando exatamente você poderá investir;
  6. Construa uma rede de relacionamento e faça networking;
  7. Faça sua gestão do tempo e desenvolva sua rotina de blocos;
  8. Aprenda a cair e a levantar;
  9. Dê um passo de cada vez;
  10. Busque evolução pessoal permanente para você e para o seu negócio!

Serviço:

Isabela Cotian – www.isabelacotian.com