Do YouTube para uma empresa de sucesso: Conheça a escola de música itinerante CentralDrummers

A CentralDrummers é uma escola de música de São Paulo, que desde 2014 vem trazendo conhecimento e novidades aos seus parceiros e alunos. Os criadores da escola iniciaram sua trajetória fazendo vídeos musicais educativos no YouTube. A vontade de crescer e expandir conhecimento foi grande, e fundaram a CentralDrummers Escola de Música.  

Para não ser apenas mais uma escola no mercado, tiveram a ideia de ser uma escola itinerante, onde os professores vão até o aluno. 

O conceito não podia ter sido melhor, com essa facilidade de ter aulas em casa, igrejas ou estúdios conveniados, o número de alunos foi crescendo e a CD foi ganhando maior notoriedade. 

Para contar um pouco mais sobre a trajetória da escola entrevistamos os sócios 
Filipe Slobodticov e Gerson Gouvêa. Confira: 

Foco nos negócios – De onde nasceu a ideia de ser uma escola itinerante? 

CentralDrummers  O nosso sócio fundador Filipe Slobodticov identificou que havia a carência no mercado de ensino musical quanto sua personalização e formalização. Ele observou que diversos mercados estavam se adaptando às novas tecnologias e reinventando as diversas maneiras de atender, e que o mesmo não acontecia no mercado musical, que até então estava estagnado. 

Diante deste cenário, Filipe criou e colocou em prática o conceito da escola que vai até o aluno. Logo nas primeiras experiências, ele notou que os alunos e interessados aprovaram o sistema. Esta é a principal característica da CentralDrummers, que inclusive ganhou destaque em seu slogan: a escola que vai até você!  

F.N.N – Quem esteve/está presente no processo de criação e gestão da empresa? 

CD – Filipe Slobodticov chamou para a sociedade Gerson Gouvêa, e desde então, ambos fazem as criações de processos, conceitos e a gestão da CD. 

Filipe, além de Engenheiro e Pós-Graduando em Gestão Empresarial, é Técnico em Música – Bateria. É responsável pela gestão Administrativa e de Expansão da CentralDrummers. Gerson Gouvêa é Publicitário, Maestro e Licenciado em Música, sendo responsável pela Gestão Pedagógica, Operacional e de Comunicação da escola e estúdio. 

Ambos mantem contato direto com os alunos, professores e parceiros, outra característica marcante da CentralDrummers: gestão com foco em pessoas, baseados nos princípios de igualdade e respeito. 

F.N.N – Qual o diferencial da CentralDrummers das demais escolas de música? 

 
CD – Conceito Inovador: Nós levamos o ensino aonde o aluno está, personalizando-o conforme as expectativas e interesse do mesmo, e respeitando o tempo de aprendizagem de cada indivíduo; 

– Gestão Aproximada: Resoluções de questões e mudanças de agenda, locais dentre outras demandas são simplificadas e está à todo instante disponível para os alunos, parceiros e professores da CD. 24h por dia é possível falar com os gestores da CentralDrummers através do Telefone, E-mail e Whatsapp. 

– Ensino Personalizado: Na CentralDrummers os alunos ajustam como receberão o ensino e qual o foco do mesmo. Além do dia, horário, local e quantidade de aulas por semana, logo nos primeiros contatos os alunos informam aos professores quais os objetivos deles no processo de aprendizagem da música. Assim, ambos definem a metodologia e os conteúdos a serem abordados. Isto também só é possível uma vez que a CD conta com uma equipe de professores altamente qualificados musicalmente e pedagogicamente, sendo estes aptos a produzem com os alunos conteúdos teóricos e práticos aprofundados, personalizando na maneira e na metodologia de ensino.   

Leia mais  Escola de Música Vem Ganhando Espaço No Mercado Por Adotar Serviço Itinerante

F.N.N – Qual tem sido o público alvo? 

CD – Jovens com renda própria e famílias com foco no próprio adulto e/ou filho menor. Hoje, a CentralDrummers possui alunos de idade inferior à 1 ano até 80 anos.  

F.N.N – Quais as dificuldades de atuar no mercado musical? 

CD – As maiores dificuldades em relação ao mercado musical são: o conceito minimalista e a visão puramente recreativa incutida na mentalidade desta geração.  

A música traz benefícios em múltiplas áreas para o ser humano, desde emocionais até cognitivas, racionais e motora. O ensino musical ultrapassa a simples ideia de “tocar a música X”. A notação musical é uma linguagem única, mundial, capaz de unir pessoas de continentes diferentes. 

Como todo conhecimento, o ensino musical exige tempo e dedicação, e muitas vezes a visão minimalista e desconhecida desta arte tão ampla gera um pensamento de importância menor sobre o aprendizado. Ao longo dos anos a CentralDrummers tem trabalho com pais, alunos e professores afim de gerar reflexões em torno deste tema, e tem obtido excelentes resultados. 

F.N.N – Como vocês enxergam a concorrência no mundo empresarial? 

CD – A concorrência traz muitos benefícios no mercado como um todo, tanto no estímulo para que as empresas melhorem seus produtos e seu atendimento, quanto para o cliente que pode analisar e comparar não só questões financeiras, mas também e principalmente propostas de ensino. 

No mercado musical atual, infelizmente há muitas instituições de ensino que devido a visão minimalista desta arte, desvalorizam os trabalhos dos educadores. E consequência disto, os alunos perdem qualidade de ensino, gerando assim um ciclo de professores e alunos frustrados. 

Mas há também um grupo de instituições que assim como a CentralDrummers, visam o ensino musical de qualidade, a valorização do profissional e consequentemente contribuem não só para a dissipação do ensino musical, mas principalmente fornecem bases para que a cultura continue e se desenvolva. 

F.N.N – Vocês pretendem abrir outras unidades da escola? 

CD – Neste momento, não é o foco da CentralDrummers. O conceito e a atuação da CD ultrapassa as barreiras e as limitações de espaços físicos próprios. Hoje, no cenário nacional existe uma ampla rede de estúdios musicais com estruturas adequadas, permitindo que professores e educandos tenham experiências positivas e únicas. 

Os gestores da CD acreditam nos conceitos de economia colaborativa e de parcerias, e atuam a movimentar o mercado musical em diversas frentes, principalmente à de educadores e de estúdios musicais. 

Outro grande meio de propagação de ensino que a CentralDrummers tem investido é no EAD – Ensino à Distância por meio de videoconferência ao vivo, esta que permite inclusive ultrapassar as barreiras internacionais. É importante frisar que dentre a equipe de professores, há aqueles que possuem fluência em 2 línguas. 

F.N.N – Para quem deseja abrir um negócio parecido, o que vocês recomendam como regra? 

CD – A CentralDrummers, ao longo dos anos vivenciou alguns erros e muitos acertos. Com os erros, os gestores da CD puderam aprender e estruturar. Os acertos geraram animo e coragem para continuar. 

Dentre todos os acertos e erros, 2 regras gerais: persista e encare os erros como oportunidade de mudar e melhorar.