Especialista destaca os 5 maiores erros na hora de comprar um imóvel

Benjamin Cano, sócio da RiOException, separou ainda dicas essenciais para não quebrar a cabeça da compra.
A compra de um imóvel é um momento importante da vida, e para não transformar o sonho de ter um lar em pesadelo, é preciso fazer um planejamento e uma boa pesquisa para não errar nessa fase especial.
E para te ajudar a acertar e evitar pequenos descuidos que podem gerar grandes problemas; Benjamin Cano, sócio da RioException, uma agência imobiliária sediada no Rio de Janeiro, destaca os 5 maiores erros na hora de comprar um imóvel. Confira!
1. Não prestar atenção à documentação
“Comprar um imóvel exige muitos cuidados em relação aos documentos fundamentais É importante assim, que na venda seja entregue a documentação dos antigos moradores, caso o imóvel já tenha tido outros donos. Ter as documentação em mãos também assegura você em questões judiciais, em caso de haver qualquer situação ou problema, terá como o comprovar”, explica ele.
2. Não examinar as condições do imóvel
“No local, observe todo o ambiente e defeitos que podem gerar custos maiores ao proprietário. Se possível, leve alguém que conheça as especificidades de uma casa, para averiguar se serão necessários grandes ajustes na casa. Atente-se aos mínimos funcionamentos do imóvel, como as descargas, fechamento das janelas, e pisos e azulejos. Se puder, visite o ambiente em diferentes horários para verificar detalhes como a exposição ao sol ou problemas com chuvas”, sugere Benjamin.
3. Assinar o contrato sem ler
“Ao assinar um contrato você está acordando com a outra parte interessada, por isso, é importante lê-lo antes com atenção, evitando assim problemas futuros, e caso houver dúvidas em relação às cláusulas, pergunte sempre ao seu advogado ou alguém especializado da imobiliária”, recomenda.
4. Não pesquisar sobre a localização do imóvel
“Muitas pessoas acabam se apressando para comprar seu imóvel e acabam esquecendo de pesquisar informações importantes sobre o novo lar, como a localização. Existem imóveis sendo ofertados por preços abaixo do mercado, mas é importante atentar-se se o local vale a pena, pois muitas vezes ficaria longe e difícil para se locomover até o trabalho todos os dias. Além disso, para quem tem filhos, é interessante pesquisar as escolas mais próximas ao imóvel. Pesquise bastante e planeje a sua rotina, antes de escolher seu imóvel”, indica.
5. Não planejar-se financeiramente
“Minha sugestão em relação à questão financeira é não usar mais que 30% da renda mensal na compra do imóvel. Por isso, avalie bem se as parcelas se encaixam bem em seu orçamento, e se atente-se também às taxas e valores extras como IPTU e condomínio. Além disso, avalie valores de reformas e ajustes do imóvel, e se planeje muito bem, para não errar e se prejudicar financeiramente”, finaliza.
Benjamin Cano à esquerda e o marido e sócio Louis Planès
Créditos Sérgio Baia

Leia mais  Saúde e bem estar: médico cearense apresenta a segunda edição do projeto "Ciclo da Vida"