Especialista em saúde Vivien Munaro da dicas para aumentar a imunidade

A imunidade é formada por um conjunto de fatores que atuam contra diferentes doenças, vírus e bactérias. Uma dieta balanceada como um todo ajuda o organismo a se manter preparado contra invasores. Se a pessoa se alimentar corretamente, seu sistema imunológico estará fortalecido, independentemente do tipo de infecção.

O ideal é investir em fontes de todos os nutrientes, porém, alguns dão uma força especial.

Confira:

– Proteínas: alimentos de origem animal (carne vermelha e branca, leite, ovos) e leguminosas (feijão, soja, ervilha, grão de bico). O recomendado é comer leguminosas junto com cereais, como arroz e milho, para que um complemente o outro. Essa mistura fornece aminoácidos de ótima qualidade.

– Zinco: carnes de todos os tipos, principalmente a vermelha, derivados de animais e frutos do mar.

– Magnésio: leguminosas, oleaginosas (nozes, amêndoas, castanhas) e verduras folhosas.

– Selênio: a principal fonte é a castanha do Pará ou do Brasil.

– Vitamina A: está presente em fontes de gordura (queijo, gema do ovo) e em vegetais de coloração alaranjada, como manga, mamão e cenoura.

– Vitamina C: o micronutriente mais famoso quando citamos imunidade é ofertado por frutas cítricas (laranja, mexerica, maracujá, limão, abacaxi, gojiberry).

– Complexo B: é composto por várias vitaminas disponíveis em todos os grupos. Lembrando que a B12 é encontrada apenas naqueles de origem animal. Por isso, os veganos precisam de suplementação.

Os probióticos e prebióticos também têm sua importância! Os probióticos são microorganismos que colonizam nosso intestino e promovem diferentes benefícios – eles fazem parte da composição de iogurtes e leites fermentados. Já os prebióticos (fibras da aveia, psyllium e todos os cereais integrais) são um tipo de comida dos microorganismos que integram a microbiota.

Leia mais  Vivien Munaro ensina a limpar máscaras e ambientes para prevenção contra o coronavírus

Entretanto, também é importante, para manter a imunidade alta, além da alimentação equilibrada, praticar exercícios regularmente, dormir bem, não fumar e hidratar-se!