Fórum Humanize: como quebrar o tabu do luto nas organizações

Evento vai reunir especialistas para discutir as melhores práticas para lidar com a morte e apoio às pessoas no ambiente profissional

Morte e luto são temas que têm certa rejeição por parte das pessoas, inclusive dentro das empresas.

Por não debaterem o tema de forma pragmática, muitas vezes há despreparo para lidar com esta situação quando surge um caso dentro da organização, culminando em ações inadequadas ou na omissão, deixando de dar o devido apoio, minimizar danos e expressar seu apreço e gratidão aos que partiram.

Para auxiliar os gestores de empresas a lidarem com este assunto delicado, a Best Homenagens ‒ empresa que desenvolve soluções para promover o reconhecimento e a homenagem para os membros de sua equipe de modo a colaborar com o clima organizacional ‒ vai realizar no dia 3 de dezembro o “Fórum Humanize – Melhores Práticas para lidar com o Luto no Ambiente Profissional”, no Hotel Renaissance, em São Paulo.

O evento, em sua primeira edição, contará com palestrantes que apresentarão casos que emocionaram o Brasil, como os acidentes aéreos da Chapecoense, GOL 2006, TAM 2007, Air France 2009, além das tragédias de Mariana e Brumadinho, discutindo a gestão de crises e as soluções propositivas para atender às expectativas dos colaboradores e familiares das vítimas.

Também será apresentado o resultado da pesquisa aplicada aos profissionais de RH e gestores em geral quanto às Melhores Práticas para lidar com o Luto no Ambiente Profissional.

Fórum Humanize: alguns dos convidados

Entre os convidados estão o ex-goleiro e sobrevivente do acidente da Chapecoense, Jakson Follmann; Sandra Assali, presidente da ABRAPAVAA – Associação Brasileira de Parentes e Amigos de Vítimas de Acidentes Aéreos; Mariana Clark, psicóloga especialista em luto; Bernardo Leite, palestrante, consultor e organizador da pesquisa Melhores Práticas para lidar com o Luto no Ambiente Profissional e apresentação e mediação da jornalista Madeleine Lacsko.

“Vivenciamos cerca de 20 lutos durante toda nossa vida, o que faz deste episódio algo natural, esperado e que precisa ser trabalhado de maneira preventiva, preparando nossa saúde mental para lidar tanto com o luto decorrente da morte, bem como em outras situações de perda que impactam nossas vidas e são levadas para o ambiente corporativo, afetando o clima e a saúde organizacional”, ressalta Leonardo Lopes, sócio da Best Homenagens.

Outras informações e inscrições (gratuitas) para o Fórum Humanize estão no forumhumanize.com.br/.

Leia mais  Empreendimento de luxo atrai olhares para Guapé, em Minas Gerais