Futuro do trabalho pós-pandemia por Paulo Alvarenga

                                                                  As competências mais valiosas até 2022

Mesmo antes de todas as mudanças trazidas pela pandemia em todo o mundo, já vivíamos uma profunda transformação com processos crescentes de automação e tecnologias, assim como a aceleração digital em todos os processos organizacionais.

Grandes partes dos profissionais mundo afora sofriam com a insegurança de perderem seus trabalhos para máquinas e robôs, mas, a verdade é que essa competição nunca existiu.

Máquinas e robôs não podem desempenhar funções que exigem competências sócio-emocionais ou habilidades comportamentais.

A aceleração digital apenas se tornou mais potente com a chegada da pandemia e, com isso, tornou-se necessário o desenvolvimento de novas habilidades para sobreviver a um cenário de tantas incertezas.

O último relatório publicado pelo Fórum Econômico Mundial só reforça essa teoria e mostra quais são algumas das habilidades mais demandadas até 2022.

E ainda reintera que as habilidades exigidas hoje, irão mudar rapidamente, por isso é tão importante estar atento para se manter no mercado de trabalho. São elas:

  • Pensamento analítico e inovador

Os profissionais que têm a capacidade de “analisar situações desafiadoras e apontar soluções também inovadoras” criando uma visão mais ampla sobre o seu funcionamento serão os mais cobiçados pelas empresas e líderes.

  • Aprendizagem dinâmica

Com milhões e milhões de pessoas conectadas, a geração de conhecimento nunca esteve tão acelerada e com uma imensa quantidade de dados disponíveis, é por isso que não haverá espaço para falta de autonomia e passividade.

  • Criatividade 
Leia mais  A liderança é contagiosa

O que mais se espera dos profissionais nesse contexto é que eles sejam criativos frente aos desafios. Mas não basta ter uma boa ideia, ela precisa ser original e funcional.

  • Tecnologia (Design e Programação)

Cada vez mais as empresas têm buscado profissionais com esses conhecimentos técnicos, já que a aceleração digital nos trouxe para um mundo mais online.

  • Pensamento crítico

O pensamento crítico consiste na capacidade de analisar decisões consideradas como verdades em nosso dia a dia. No ambiente organizacional, muitas vezes, somos pressionados a tomar decisões rápidas, mesmo remando contra a maré é importante questionar as alternativas.

  • Solução de problemas complexos

A capacidade de resolver problemas se tornou por muito tempo um indicativo do nível de inteligência e constitui uma competência importante dentro das organizações.

  • Liderança e Influência

A liderança para o futuro ganhou uma conotação muito mais comportamental do que técnica. Ela exige que os líderes não só conduzam suas equipes, mas desenvolvam as pessoas.

  • Inteligência Emocional

A inteligência emocional (IE) é a capacidade que nós temos de gerenciarmos nossas próprias emoções, não sendo levados por impulsos, e também a forma como lidamos com as emoções dos outros.

Ao analisarmos todas as competências, percebemos que existe uma demanda crescente por habilidades digitais, assim como as sócio-emocionais.

E você, quando  foi a última vez que desenvolveu uma competência nova?

Quer estar preparado para 2021 e desenvolver as competências mais importantes da atualidade para acelerar sua carreira?

Acesse: https://mastersoul.com.br/formacaoeminteligenciaemocional e desenvolva as habilidades mais competitivas do mercado de trabalho para se tornar um Especialista em Alta Performance Emocional.

Abraços,

Paulo Alvarenga (P.A.)

CEO & Founder da Mastersoul