Harmonização facial faz a pessoa não reconhecer seus traços ao se olhar no espelho? por D Lucas Sampaulo

Na última semana, o cantor Lucas Lucco foi destaque na mídia ao afirmar que não ficou satisfeito com a harmonização facial, realizada há cerca de 1 ano e que estava em tratamento para retirada do material preenchedor.

É muito comum que as pessoas sigam uma tendência e queiram realizar a harmonização facial por estar “na moda”, porém não é tão simples. Costumo falar que na harmonização “menos é mais” , e que tudo deve ser feito aos poucos.

Acredito que no caso do cantor houve um exagero na quantidade de produto utilizado e falta de planejamento. O profissional que realizou o procedimento acabou preenchendo pontos aonde não havia necessidade. Quando isso acontece você retira traços característicos daquela pessoa e ao invés dela se olhar no espelho e se sentir mais confiante, ela vai se olhar e vai se estranhar, não vai se “reconhecer “ frente ao espelho.

Leia mais  Importância do ácido hialurônico por Dr Lucas Sampaulo

É legal deixar claro que a harmonização é utilizada para realçar os traços e a beleza de uma pessoa e não modificar o rosto dela, por isso deve ser feita aos poucos e por um profissional experiente!

O lado bom disso é que o procedimento quando feito com ácido hialurônico é totalmente reversível. O próprio cantor está realizando aplicações de hialuronidase, uma enzima que tem o poder de “dissolver “ o ácido hialurônico.

Por isso, é de extrema importância quando for realizar uma harmonização facial saber qual tipo de produto o profissional utiliza. Existem produtos definitivos, como o PMMA, que o único modo de reverter, caso algo de errado, é cirurgicamente, podendo deixar marcas permanentes no paciente.