Líder: a principal competência para sua gestão está aqui

Como se tornar um líder preparado para liderar hoje?

Como construir uma gestão e um legado inspirador para equipes e organizações, 

em meio às transformações constantes que o mundo do trabalho sofreu e ainda vem sofrendo?

Tecnologia, inovação e transformação digital cada vez mais inseridas no dia a dia de empresas e times e tudo de forma veloz.

Num contexto em que a mudança é a única certeza, adaptar seu modelo de gestão se tornou urgente.

Grandes líderes no mundo inteiro se depararam e, ainda se deparam, com situações que requerem tomada de decisões rápidas e assertivas, e tudo isso em meio às demandas cotidianas e a gestão de pessoas.

 

Decisões que afetam diretamente seus times, ou seja, é imprescindível que líderes e gestores tenham em mente o que determinadas decisões trazem como resultados práticos e também como impactam a equipe.

Exatamente por isso, condensar e limitar suas práticas a modelos de gestão ultrapassados, só trarão a você, líder, a falsa sensação de que tudo está indo bem, quando na verdade, você e sua equipe permanecerão fadados a baixa performance.

Novos tempos exigem novos líderes! 

Qual líder, mesmo que secretamente, não tem o desejo de ser lembrado como inspirador?

Mas a realidade é outra, vivem em conflito:

“Como posso tomar decisões impopulares e ainda ser tudo isso?”
Como tomar decisões corretas sob tanta pressão?”
Como ser uma pessoa inspiradora frente a cenários tão negativos?” 

As dores da liderança são inúmeras e, por isso, é tão fácil encontrar quem prometa milagres e resolva tudo num passe de mágica, mas a realidade é bem diferente e sabemos bem como é.

Para continuar atuando no mercado e atender as demandas e exigências de qualquer cargo de gestão é preciso desenvolver algumas competências e habilidades chaves.

Quando foi a última vez que você, líder, desenvolveu uma habilidade nova?

Não é possível, como gestor, prever tudo e muito menos ter respostas para tudo.

Por essa razão, é extremamente crucial desenvolver habilidades capazes de garantir que, independente do cenário ou circunstância, você estará apto para liderar.

Pensando em você que me acompanha semanalmente aqui na Uol, resolvi trazer uma competência primordial para qualquer líder construir uma gestão, além de inspiradora, capaz de sobreviver a qualquer cenário: 

Gestão humanizada

Muita coisa mudou em 2020, e essas mudanças viraram verdadeiras tendências, ou, aceleraram ainda mais o que já aconteceria, como o home office por exemplo.

E não foram somente as empresas que ficaram confusas, vários colaboradores tiveram que aprender rapidamente a utilizar novas soluções e trabalhar de casa.

Mesmo assim, é perigoso pensar que a transformação digital e a tecnologia excluirão no futuro as pessoas, ou que robôs e máquinas roubarão trabalhos essencialmente humanos.

Muitos trabalhos serão sim automatizados, mas funções que demandam habilidades emocionais e comportamentais estão longe de serem substituídas.

Mais do que nunca é preciso lembrar do principal foco de qualquer líder e organização: as pessoas.

Segundo uma pesquisa elaborada pela Harvard Business Review, 75% dos funcionários afirmam que seu superior imediato constitui a pior parte do seu trabalho e 65% aceitariam um corte salarial se o seu chefe fosse substituído por outro melhor.

Além disso, 70% do nível de engajamento dos colaboradores é atribuído ao líder, segundo outra pesquisa da consultoria Gallup.

Com todas as mudanças e processos ocorrendo ao mesmo tempo, o que muitas vezes acontece, é que líderes e empresas deixam de priorizar seus times.

Como resultado imediato: 

Baixa performance
Diminuição drástica de resultados
Altos índices de afastamentos do trabalho por doenças relacionadas à própria atividade laboral.

O líder de hoje, não mais do futuro, que é inspirador e deixa um legado, é aquele capaz de compreender a individualidade das pessoas e entender suas necessidades, desafios, limitações e anseios.

A gestão humanizada nada mais é do que liderar sem esquecer que por trás de profissionais, existem pessoas.

Ela busca desenvolver um ambiente saudável em espaços corporativos, mesmo com metas a serem cumpridas e a pressão do dia a dia, esse tipo de gestão, que também posso chamar de estratégia, é capaz de transformar as relações e aproximar líderes e colaboradores, tornando a relação mais humanizada.

Alguns conceitos podem parecer óbvios, mas determinados ambientes empresariais, ainda tratam os indivíduos de suas equipes como peças de tabuleiro.

Nunca perca de vista que uma liderança baseada em empatia, escuta ativa e comunicação assertiva caminha em direção a construção de um legado inspirador.

E aí, você já pratica uma gestão humanizada?

Se você quer potencializar sua performance como líder e alavancar sua carreira em 2021:

Inscreva-se na Maratona Matriz das Emoções, um curso 100% online e 100% gratuito com mais de 10 horas de conteúdos, estratégias e técnicas totalmente exclusivas que tornarão você mais eficiente, focado e capaz de influenciar qualquer pessoa.

Clique aqui, faça sua inscrição e garanta já sua vaga!

Até a próxima semana!

Um abraço, 

Paulo Alvarenga (P.A.)

CEO & Founder da Mastersoul

 

Leia mais  Como criar um planejamento pessoal? por Paulo Alvarenga (P.A.)