Liderança de alta performance: Descubra qual é o principal fator para garantir excelência em sua gestão

Líderes de todo o mundo buscam algo em comum: ter performance e garantir que seus liderados levem à empresa a obtenção de resultados.

Então, o que diferencia o sucesso de uns e o fracasso de outros? Qual seria o fator chave que dá a alguns líderes o tão sonhado sucesso profissional?

No artigo de hoje vou lhe mostrar por meio de uma pesquisa do Google, realizada com mais de 180 times, qual é o principal fator das equipes de alta performance, e como você poderá empregá-lo na gestão dos seus colaboradores para levá-los ao sucesso.

Antes de tudo, comece entendendo que se você deseja formar um time altamente produtivo, não basta apenas contratar funcionários brilhantes com currículos técnicos altamente eficientes e impecáveis, pois o segredo não está nos elementos das equipes e, sim, em que tipo de ambiente eles vivem.

Quais são então as características essenciais para uma liderança de alta performance? Os gestores entrevistados na pesquisa elegeram 5 principais pilares:

Confiança
Comunicação clara e efetiva
Cuidado
Flexibilidade (…)

Mas, acima de qualquer outro componente ou característica, o fator número 1 entre equipes de performance é a Segurança Psicológica!

Ou seja, em termos de gestão e produtividade, a segurança psicológica é o alicerce para desenvolver equipes de alto desempenho.

E você sabe o que caracteriza um ambiente com segurança psicológica?

Ambientes psicologicamente saudáveis são aqueles em que colaboradores podem expressar suas opiniões, darem ideias, fazerem perguntas e, principalmente, caso tenham cometido algum erro, saibam que a liderança e os colegas de equipe estarão lá para ajudá-lo e não para apontar o erro.

Segundo a pesquisadora Drª. Amy Edmondson, segurança psicológica é uma crença compartilhada pelos membros de uma equipe de que ela é segura para a tomada de riscos interpessoais.

Implementar a segurança psicológica em ambientes corporativos rígidos e tóxicos se torna ainda mais difícil por ela não fazer parte da cultura da empresa.

O que fazer, portanto, diante de um cenário em que a busca pela sobrevivência dos negócios, ainda existente em 2021, disseminam culturas tóxicas e não contribuem para a construção de ambientes seguros?

Comece observando se esses três pontos são relevantes dentro do seu ambiente organizacional: 

1. Confiança: Seus liderados podem confiar em você como líder, gestor..?
2. Cuidado: Os líderes se importam com as equipes
3. Comunicação: As equipes falam e são ouvidas?

Quando o ambiente organizacional é envolvido por pouca segurança psicológica, podemos notar exatamente o inverso:

Leia mais  Abandone a síndrome de super-herói e se transforme em um líder inovador

Maior resistência na implementação de mudanças
Baixa flexibilidade
Falta de confiança
Sobrecarga sobre as pessoas engajadas
Demora na tomada de decisão
Controle excessivo
Centralização de informações
Tendência à pouca cooperação
Egoísmo

Como eu, líder, posso então construir outro ambiente para assegurar a performance do meu time?

Entenda que o papel da liderança é imprescindível

Todo líder tem um grande papel na construção de ambientes seguros, já que ele tem mais poder de influência sobre o time. E parte do que ele pode fazer é se sentir vulnerável e mostrar para sua equipe que eles também podem demonstrar vulnerabilidade.

Muitos gestores acreditam que precisam saber de tudo e ter todas as respostas, ser honesto e vulnerável ajuda a equipe a trabalhar junto e criar ambientes mais saudáveis.

Construa uma liderança humanizada

Quando pensamos no futuro, com inteligência artificial, robôs inteligentes e processos automatizados, é preciso lembrar aos líderes que eles não devem agir como robôs.

Liderança humanizada não é ser bonzinho como chefe e aceitar tudo, mas sim ter maturidade emocional para saber lidar com os próprios sentimentos e com o dos outros, ter uma visão integral sobre a gestão, compreender o impacto do capital humano, entre outros requisitos.

Características como humildade, honestidade, vulnerabilidade devem fazer parte da gestão. Dessa forma, eles não estarão apenas dizendo o que os outros precisam fazer, mas contribuindo com novas perspectivas para os problemas. 

O artigo de hoje te ajudou?

Se você quer alavancar a performance da sua equipe por meio da construção de ambientes psicologicamente saudáveis, venha fazer parte da Maratona Matriz das Emoções, um curso 100% AO VIVO e GRATUITO que acontece nos dias 29 de março a 01 de abril.

Garanta sua vaga e diminua o risco à saúde mental de seus colaboradores desenvolvendo as soft skills essenciais da atualidade: para criar a capacidade de gerenciar suas emoções e liderar de forma humanizada.

Clique aqui e faça sua inscrição.

Um abraço, 

Paulo Alvarenga (P.A.)

CEO & Founder da Mastersoul