Mais vantajoso financeiramente , mulheres contratam personal shopper diretamente dos Estados Unidos

Melissa Biscoto fatura entre $ 5 mil a 7 mil e 500 dólares mensais oferecendo o serviço

Não é de hoje que fazer compras na “Terra do Tio Sam” é o desejo de muitas mulheres. Pensando nisso, a brasileira Melissa Biscoto, de 37 anos, criou a Mel Shopper em Miami, que atende também em Orlando (Flórida). A empreitada, que começou informalmente, virou um grande negócio.

“Ainda no Brasil, eu trabalhei com comércio de moda infantil. Comecei como vendedora de carrinhos e acessórios em feira de bebê e gestante. Daí montei meu próprio estande com foco em roupas e vestuário infantil. Quando tomamos a decisão de nos mudar para os Estados Unidos eu tive que abandonar a loja, mas baseado em pedidos informais de compras e consultorias para amigos e familiares aliado ao meu conhecimento da área, eu identifiquei um nicho de trabalho onde as pessoas tinham interesse em produtos importados mas não tinham conhecimento de marcas, lojas, tamanhos, ficavam receosas de não saber onde encontrar ou até mesmo pela barreira da linguagem preferiam uma assessoria na hora das compras. De tanto ajudar os amigos e conhecidos surgiu a ideia de ser personal shopper”, relembra a empresária

Com isso, ela conquistou diversas brasileiras, que a procuram para incrementar o guarda-roupa com todos os lançamentos das grifes norte-americanas, atendendo-as pessoalmente em viagens ou enviando como encomenda.  A empresa, que atende em média 20 clientes por mês, fatura entre $ 5 mil a 7 mil e 500 dólares mensais.

“Estamos sendo nos atualizando sobre as tendências e novidades no mercado, visando o oferecer o melhor”, conta.

Ou seja: caso você busque aquele produto tão desejado e quer um preço mais em conta, além da cor e tamanhos do seu gosto, ela é a pessoa certa para te acompanhar nessa “missão”.

“Nosso objetivo será ajudar a fazer o enxoval, dando dicas de produtos ideais para cada ocasião e ajudando a não comprar nada desnecessário, evitando desperdícios. Assim, há muita economia de dinheiro e de tempo”, ressalta Melissa.

Leia mais  Nada vem Fácil': história de empresário que montou uma grande rede de vestuário com um empréstimo de 300 reais é contada em livro

Caso a cliente pretenda visitar outra cidade dos Estados Unidos em que Mel não dá atendimento, a pessoa pode optar em comprar somente a lista personalizada para as suas necessidades.

“Os itens do que ela deverá comprar para o enxoval são colocados em Inglês e Português, para que não haja erros”, esclarece.

Mel conta que muitas até viram suas amigas, já que ela praticamente faz um “raio-x” da cliente e diversas vezes acerta mais nas sugestões do que a própria pessoa escolheria.

O trabalho é divulgado principalmente em redes sociais: “O Instagram, hoje, é nossa principal vitrine, também temos o website, a fanpage no Facebook e atendo também dúvidas pelo Whatsapp e e-mail. Mas a principal divulgação é o comentário e indicação dos nossos clientes”, afirma a personal shopper.

A empresa tem pacotes que variam de 5 horas a 2 dias da assistência da profissional. Em todas as opções há consultoria especializada para que as mulheres consigam comprar o que querem da melhor maneira possível.

A profissional também faz reunião, seja apenas com a mulher ou, em alguns casos, com o futuro papai, para que todos possam opinar sobre o que será comprado.

“Faço uma reunião preliminar com os prospectivos clientes ou presencial para entender as necessidades e montar um roteiro personalizado as expectativas. Depois de terminadas as reuniões busco o cliente no aeroporto ou hotel, entrego o folder com as indicações de compras e lojas personalizado, cupons de desconto e vamos as lojas que o cliente escolher”, disse Melissa que completa:

“Se for a distância, nossa equipe irá cuidar de todos os detalhes, permitindo que os futuros papais participem de todo o processo. Nós fazemos a preparação das malas para serem entregues a quem vier buscar ou para o envio ao Brasil. Entretanto, vale ressaltar que malas, embalagens e as taxas são pagas a parte”, finaliza a personal shopper.

Sendo assim, comprar produtos importados e com a garantia da qualidade e de estar de acordo com o nosso gosto nunca foi tão fácil e prático.