Professor pula de paraquedas para dar aula on-line de Geografia sobre Aracaju

Inovação e motivação são motores para professor encarar seu medo e mostrar aos alunos que é possível vencer barreirar, mesmo na pandemia

Isac Oliveira da Silva, de 55 anos, é o professor de Geografia que mudou a vida de muitos estudantes para concurso público de Sergipe.

Para uma videoaula especialmente feita sobre as limitações geográficas de Aracaju no Canal dos Concurseiros, ele encarou seu próprio medo de altura e pulou de paraquedas, mostrando de uma perspectiva “vista de cima” aquilo que ele ensinava na teoria, além de encorajar os estudantes sobre ser possível aquilo que eles desejam (no caso uma vaga no concurso público): “Se eu consegui pular, vocês também conseguem a vaga!”.

Ele já virou celebridade na capital de Sergipe, pois não é sempre que uma instituição inova desse jeito na educação – ainda mais em um momento de pandemia  – e um professor com mais de 50 anos topa o desafio.

“Foi algo que nunca esperava realizar em toda minha carreira como professor, porém, está me possibilitando mostrar aos alunos dos Concursos da Polícia Civil de Sergipe e da Barra dos Coqueiros, ou seja, mais de 100 mil pessoas, a localização e os limites geográficos do nosso Estado em uma videoaula gratuita. Tudo para incentivá-los a estudarem de forma isolada, evitando a aglomeração, preservando a vida de todos…”, ressalta.

Leia mais  Coronavírus: O que você precisa saber para se cuidar por Vivien Munaro
“Tudo para incentivá-los a estudarem de forma isolada, evitando a aglomeração, preservando a vida de todos”, diz o professor

Novo normal: professor ensina, inspira e motiva

Visivelmente com medo à flor da pele depois do salto, o professor se diz satisfeito e com a missão duplamente cumprida.

“Sobrevoamos os principais pontos de Sergipe e fechamos a aula com um salto de paraquedas, que foi uma verdadeira aventura. Com uma visão bem privilegiada, a aula vai ajudar bastante ao aluno na hora de memorizar o conteúdo”, explica.

Como também leciona de forma presencial para os Ensinos Fundamental e Médio, o professor transformou aulas em revista em quadrinhos e, com a pandemia, ele usou ainda mais a sua experiência de videoaulas e ensino a distância no Canal dos Concurseiros para se adaptar à nova rotina.

“Uma nova escola irá nascer e o elemento virtual, a internet, terá muito mais espaço no ensino. Isso nos mostrou que até o reforço, a partir de agora, pode ser virtual”, finaliza.