Qual o nível de APS (Ambiente Psicologicamente Saudável) da sua empresa?

                                                                       Entenda o que é Segurança Psicológica

Será que a sua empresa é monstro corporativo?

 

Como vimos no primeiro artigo da Série Ambientes Psicologicamente Saudáveis, empresas com ambientes tóxicos são as maiores responsáveis por gerar Insegurança Psicológica.

 

Vimos também que essas empresas são responsáveis pelo maior número de afastamentos por questões emocionais relacionadas a transtornos mentais como ansiedade, depressão, burnout, síndrome do pânico, entre outras.

 

Dessa forma, podemos concluir que, para se viver num ambiente saudável, é preciso garantir Segurança Psicológica.

 

Hoje, no segundo artigo da série Ambientes Psicologicamente Saudáveis, falaremos sobre quais são os riscos que a insegurança psicológica desencadeia ao longo do tempo às pessoas que estão submetidas a esse cenário.

 

São muitos os fatores que contribuem para um ambiente saudável. Mas, existem alguns pontos bem relevantes e que são prioridades na promoção de um ambiente organizacional saudável: confiança, cuidado e comunicação.

 

  • Confiança“Eu confio nas pessoas com as quais eu trabalho?”

 

  • Cuidado “Eles se importam comigo?”

 

  • Comunicação“Eu falo e sou ouvido?”

 

Esses fatores, de forma simples, vão ajudá-lo a perceber se existe, ou não, segurança psicológica na organização em que você atua.

 

Há mais de 20 anos trabalhando como especialista em Ambientes Psicologicamente Saudáveis, pude notar por meio de vários estudos da Neurociência, que há uma relação direta entre ela e a segurança psicológica.

 

A sensação de insegurança gerada por ambientes hostis e tóxicos enche o nosso corpo com o hormônio do estresse (cortisol), que por sua vez, interfere no funcionamento de uma região do cérebro chamada de córtex pré-frontal, responsável pela nossa atenção e raciocínio.

 

Assim, por mais focados e inteligentes que sejamos, quando nos sentimos inseguros, menos eficiente nós somos e mais distantes de atingir a máxima performance ficamos.

 

Hoje, existem muitas empresas preocupadas em criar ambientes mais agradáveis e saudáveis para os profissionais, não por serem boazinhas, mas porque isso reflete diretamente em bons indicadores para os seus negócios.

 

Um estudo apresentado pela Said Business School da Universidade de Oxford, em outubro de 2019, mostrou que profissionais que se sentem satisfeitos e num ambiente seguro, trabalham mais rapidamente, não fazem hora extra e são 13% mais produtivos do que insatisfeitos.

Leia mais  Por que a Inteligência Emocional é a competência mais importante da Atualidade?

 

Aumentou a percepção das empresas sobre a importância do capital humano para a sua estratégia. Mas, isso ainda não é lei, ainda existem muitas empresas onde as práticas de gestão de pessoas continuam presas no passado, criando ambientes propícios à Insegurança Psicológica.

 

Lutando pela sobrevivência em ambientes como esses, os profissionais acabam desenvolvendo várias doenças com alto teor de desgaste emocional (como vimos no artigo anterior).

 

Para a Dra. Amy Edmondson, professora de Harvard, Segurança Psicológica é “um clima em que as pessoas se sentem confortáveis sendo o que elas são e expressando-se de forma livre”. Ou seja, se você se sente à vontade para ser você mesmo, é porque está em um ambiente com segurança psicológica.

 

Quando o ambiente organizacional é envolvido por pouca segurança psicológica, podemos notar:

 

  • Maior resistência para implementar mudanças
  • Baixa flexibilidade
  • Sobrecarga  sobre as pessoas que ainda estão engajadas e que querem fazer as coisas acontecer 
  • Demora na tomada de decisão
  • Tendência a pouca cooperação (uma vez que as pessoas estão em busca de sua própria sobrevivência)

 

Portanto, se a empresa em que você trabalha, as pessoas podem ser elas mesmas, todos têm o direito de falar, existe uma escuta genuína, sensibilidade social, pode ficar aliviado por atuar em uma organização que está zelando pela segurança psicológica de seus colaboradores.

 

Caso contrário, é hora de começar a avaliar o que é mais importante: sua saúde e segurança psicológica ou os valores e cultura desta empresa.

 

  • Como virar o jogo e mudar essa realidade?
  • Como garantir segurança psicológica às pessoas num ambiente organizacional e aumentar o nível de APS da sua empresa e até mesmo dentro da sua equipe?

 

Não perca o terceiro artigo da série, trarei a você leitor estratégias para aumentar o nível de APS – Ambiente Psicologicamente Saudável da sua empresa e do seu time.

Para descobrir mais, continue acompanhando minha coluna semanal ou acesse:  bit.ly/maratonamatrizdaemocoes e se inscreva  no curso Maratona Matriz das Emoções. Um curso 100% on-line e gratuito, com mais de 10 horas de conteúdos totalmente exclusivos que vão ajudá-lo a criar ambientes mais saudáveis e gerar segurança psicológica.