Startup lança a opção de pagamento parcelado em boleto para revendedores do setor da moda

Através de suas parcerias financeiras, a plataforma Moda Online disponibilizará em um primeiro momento R$ 10 milhões em crédito

 

Com o objetivo de inovar e facilitar o trabalho de indústrias de confecção e revendedores/lojistas do ramo da moda de todo país, a startup Moda Online lança uma grande novidade que vai ajudar a movimentar ainda mais o setor: a opção de pagamento parcelado em boleto.

 

“No Brasil, pelo fato dos bancos não disponibilizarem limites altos no cartão de crédito para grande parte das empresas, se torna necessário que os revendedores façam suas compras através da forma de pagamento boleto parcelado. Desde 2017, quando lançamos a nossa primeira plataforma, esta foi uma dor nossa que foi muito difícil de sanar”, afirma Nathan Moojen, CEO da startup. Para oferecer essa opção, a empresa se aprofundou nos estudos sobre o mercado financeiro e em como se adequar às normas do Banco Central e Bacen. “Além de ser um processo custoso, essa análise levou tempo, mas era importante porque sabíamos que não podia haver erros”.

 

Hoje, o Moda Online é o primeiro marketplace B2B de moda do Brasil a disponibilizar esta forma de pagamento aos clientes sem depender financeiramente de nenhuma indústria – todo o fluxo foi criado do zero.

 

“As indústrias também são grandes beneficiadas com o sistema, pois não correm risco financeiro nenhum, mas conseguirão vender mais”, completa Moojen.

 

Através de suas parcerias financeiras, a plataforma disponibilizará no primeiro momento R$ 10 milhões em forma de crédito para que os revendedores/lojistas  de todo o Brasil possam efetuar compras para suas lojas com conforto e segurança.

 

Para se ter ideia, no Brasil a produção da cadeia de confecção passa de 7 bilhões de peças por ano (ABIT 2022), porém mesmo assim ainda encontramos alguns problemas quando o assunto é acesso ao crédito para pequenas e médias empresas principalmente em um período de pandemia pela Covid-19.

Leia mais  Bebê Revelação é uma das sensações da linha de bonecas da Estrela na Abrin

 

Além disto, o comércio online no Brasil registrou um faturamento recorde em 2021, totalizando mais de R$ 161 bilhões, um crescimento de 26,9% em relação ao ano anterior, acelerado em boa parte por conta dos marketplace.

 

Para ter acesso ao pagamento por boleto parcelado, basta que o revendedor tenha CNPJ e solicite uma análise de crédito pelo site do Moda Online.

 

Os campos de formulários são semelhantes aos campos para recebimento do cartão de crédito. Além disto, os dados podem ser enviados apenas uma vez pelo cliente.

 

“Buscamos simplificar todo o processo para disponibilizar praticidade e eficiência ao revendedor”.

 

Após o envio dos dados para análise de crédito, o revendedor/lojista poderá efetuar solicitação de pedidos comprando de várias marcas ao mesmo tempo e escolher a forma de pagamento por boleto parcelado em até 4x sem juros. Logo após, a equipe do Marketplace fará a análise dos dados e liberará ou não aquela determinada solicitação de compra. Dessa maneira, o shopping virtual oferecerá a mesma facilidade das compras por atacado tradicional, com a vantagem da segurança e praticidade da compra online.

 

 

“Nossa proposta não é reinventar a roda e sim digitalizá-la. Queremos centralizar essa forma de pagamento na plataforma para que, de um lado, a indústria não precise se preocupar com o risco financeiro, e do outro, o revendedor possa continuar tendo acesso a esta forma de crédito de forma digital”, finaliza o CEO