Uma das referências em tricologia, Viviane Coutinho fala sobre profissão e planos de expandir sua clínica

A profissional de sucesso é docente da ABT e tem uma sede de cursos no Rio de Janeiro.

Profissional renomada, Viviane Coutinho está sempre com a agenda lotada. Ela tem ainda uma sede de cursos da Academia Brasileira de Tricologia. Porém, ela quer ainda mais! Tem planos de levar sua clínica para outras cidades.

Em entrevista, Viviane também falou sobre a profissão e por que entrou nessa área. 

*O que faz um tricologista? É uma área promissora?  Quem pode se formar nesta profissão?*

 A tricologia estuda a saúde capilar. É uma área bem promissora que vem crescendo a cada dia, pois hoje entendemos que não há como atingir a beleza sustentável sem alcançar a saúde.                   

Existe uma diferença entre terapeuta capilar que é um técnico com bastante embasamento sobre sistema capilar e disfunções; e o tricologista, que é um especialista nesta mesma área, identificando disfunções, fisiologia, sistemas corporais, sendo esse último necessário ter uma graduação para poder fazer uma pós-graduação e se especializar.       

*Há quantos anos você está na área da tricologia?*

Sou fisioterapeuta há 20 anos, e tive o prazer em trabalhar com a reabilitação, entendendo a importância de apreciar os pequenos resultados e o processo até chegar no resultado final. Em 2006, fui apresentada à tricologia, onde adequei exatamente a reabilitação à saúde capilar, entendendo a importância da ligação do cabelo com a autoestima, bem-estar e saúde .     

*O que despertou seu interesse pela área?*

 Exatamente por saber da importância da reabilitação, da busca da saúde para só depois atingirmos a beleza. A importância de valorizar cada etapa e de quanto as disfunções interferem na saúde inclusive psicossomática.      

Leia mais  Thiago Roderich estreia seu espetáculo musical sobre arte Drag “Meu Outro Eu” no teatro

*Quais famosos você já cuidou?*

Taís Araújo, Julianne Trevisol, Diogo Nogueira, Diney, Xande, Iza, Juliana Paes, Débora Lamm, entre outros.    

*Sua clínica faz bastante sucesso no Rio. Pensa em expandir para outras cidades do Rio ou até outros estados?*

Penso sim, meu maior sonho é me fazer presente em vários lugares inclusive ter uma clínica popular com uma alta entrega, tecnologia e conforto, manter um padrão alto na periferia com uma facilidade de acesso para todos.                         

*Você também é docente da Academia Brasileira de Tricologia. Tem ideia de quantos alunos você já formou?*

Como nós professores damos módulos por todo o Brasil e agora iniciando até mesmo fora, não faço ideia da minha participação na vida profissional destes colegas de profissão, mas fico muito feliz e me sinto muito realizada em somar na vida de tantas pessoas.      

*Quais seus próximos projetos? *

 Estou muito feliz em ter uma sede de cursos no Rio de Janeiro junto à Academia Brasileira de Tricologia e a Grandha (uma marca desenvolvida para atuar sempre de forma mais comprometida com a saúde). Entre meus projetos estão, ter mais cursos para auxiliar novos profissionais, antigos profissionais se especializarem. Estamos também trazendo a pós-graduação em Tricologia, aulas práticas com oficinas e muito mais. Meu sonho é espalhar a minha realização pessoal e profissional para mais pessoas e não deixar de receber meus pacientes proporcionando cada vez mais bons resultados.