Aposte nas Soft Skills para sua empresa crescer

Por muitos anos, habilidades técnicas eram únicas e indispensáveis, tanto para profissionais, quanto para empresas acelerarem seus negócios.

De acordo com o LinkedIn, os dez principais empregos de 2014, por exemplo, não existiam cinco anos antes.

Esse antigo modelo de obter uma única formação ou qualificação para a carreira em uma vida toda, acabou!

Reinventar suas habilidades como profissional, ou incentivar seus colaboradores no desenvolvimento de novas habilidades, se tornou vital para a sobrevivência dos negócios.

E não que as habilidades técnicas tenham deixado de ser importantes, mas, se não estiverem atreladas ao desenvolvimento e domínio de habilidades comportamentais, de nada adianta.

E que habilidades são essas?

As soft skills, habilidades diretamente relacionadas à Inteligência Emocional!

Habilidades e competências que geralmente não são colocadas no currículo, como aptidões mentais, emocionais, sociais e são facilmente qualificáveis, mas difícil de serem medidas, como por exemplo, poder de influência, empatia, resiliência.

As mudanças vivenciadas no mundo do trabalho, com a chegada da pandemia e a implementação do home office, levou a uma valorização ainda maior de soft skills, como: trabalho em equipe, orientação para resultados e comunicação eficaz.

Uma nova pesquisa realizada com 26 mil empresas em 43 países pela Manpower Group, consultoria especializada na gestão de pessoas, revelou que 1/3 delas está investindo em treinamentos para desenvolver tais habilidades em seus colaboradores.

Uma das maiores dificuldades para esses empregadores treinar seus profissionais no desenvolvimento dessas habilidades, é que as soft skills são difíceis de identificar.

No Brasil, enquanto 38% das empresas afirmam que é difícil treinar as habilidades técnicas procuradas, 43% dizem que é ainda mais difícil ensinar as soft skills que eles necessitam.

Mas, não existe outro caminho senão esse, como afirma e revalida o pai da Inteligência Emocional, Daniel Goleman:

“À medida que as estruturas organizacionais evoluem e a globalização acelera, essas habilidades serão mais cruciais do que nunca”.

Leia mais  O Futuro da Gestão de Pessoas

A maioria das empresas vê dificuldade em treinar soft skills justamente porque vão na contramão do que deveria ser feito.

Não basta olhar só para o que o mercado necessita, é preciso olhar para dentro e entender quais são seus valores, cultura, missão e visão como organização, e perceber quais são as habilidades que a empresa precisa treinar.

Jamais colocar seus colaboradores horas e horas sentados à frente de uma tela de computador para treinar habilidades interpessoais e comportamentais. Os treinamentos precisam ser desafiadores, criando um ambiente onde cada profissional saiba que pode errar sem sofrer punição.

A pandemia apenas expôs a necessidade de algumas soft skills, se em 2020 a capacidade de adaptabilidade era essencial, um ano depois, a capacidade de se comunicar e trabalhar em equipe, mesmo que remotamente, sem prejudicar os resultados, se tornou prioritário.

Para 63% dos líderes ouvidos na pesquisa, nas 26 mil empresas entrevistadas, a saúde e o bem-estar se mostraram muito mais importantes do que antes.

E é mais do que sabido que, dominar habilidades sócio-emocionais garante maior gestão emocional, o que consequentemente assegura saúde e bem-estar.

A diferença entre quem conseguiu administrar bem todos os desafios em 2020 e quem não conseguiu, está na Inteligência Emocional, ou seja, no desenvolvimento das soft skills certas para o momento.

Quer garantir um treinamento eficaz e prático de soft skills para sua empresa, líderes, gestores e colaboradores, para se manterem vivos no mercado acelerando os resultados?

Conheça a Formação em Inteligência Emocional da Mastersoul: domine os conceitos das 12 competências da Inteligência Emocional para desenvolver as soft skills mais competitivas do mercado e tornar-se um Especialista em Alta Performance Emocional, capaz de enfrentar qualquer mudança sem abrir mão dos resultados.

Clique aqui e saiba mais!

Um abraço e até a próxima semana,

Paulo Alvarenga (P.A.)
CEO & Founder da Mastersoul