Gutto Mazza inicia projeto sertanejo de seu álbum internacional

Gutto Mazza, cantor sertanejo brasileiro e que atualmente mora nos Estados Unidos, começou a cantar com 6 anos de idade. Sua mãe tocava violão quando começou a ensiná-lo, despertando assim o amor pela música. Com 12 anos começaram os estudos de violão e as aulas de canto, já com 15 anos começou a tocar em uma banda que se chamava NA BECA.

Em 1998 e 1999 Gutto começou a tocar em várias casas de shows, juntamente com grandes nomes da música nacional como: Claudia Leite, Leo Santana, Xandi, Tomate.

Gutto foi então para os Estados Unidos com intuito de comprar alguns equipamentos de som e iluminação para logo em seguida voltar para sua cidade natal. Acabou que com sua ida surgiu o desejo de ficar no país para morar e construir ali sua carreira como empreendedor e músico.

Nesse meio tempo Gutto deu início a ministração em igrejas de Boston até 2017. Logo após esse momento foi onde surgiu a iniciativa de voltar a sua carreira sertaneja.

Leia mais  Criatividade do cabeleireiro Rodrigos Circus vence adversidades e promete novidades

Nesse período de transição, Gutto Mazza conheceu um dos maiores produtores do Brasil, dono de produções gigantescas como Wesley Safadão, Simone e Simaria e tantas outras. Foi quando surgiu a oportunidade de abrir shows de artistas brasileiros que iam se apresentar nos Estados Unidos. Abrindo shows de artistas como Alcione, Guilherme e Santiago, Wesley Safadão, Bruno e Marrone entre outros.

Hoje, é conhecido pelo seu talento, empreendedorismo, inovação e por levar mais amor por meio de música.

Gutto Mazza tem como objetivo internacionalizar a música sertaneja. A ideia é gravar algumas de suas composições em espanhol com o ritmo sertanejo, misturando com alguns elementos latinos, e lançar para o público norte-americano, simultaneamente para o Brasil inteiro.