Com raízes no samba paulistano, Bel Moura esbanja alegria e é rainha do Camarote 011 em SP

Rainha do Camarote 011 se emociona ao declarar seu amor pelo carnaval. “Desfilei pela primeira vez no Peruche aos sete anos e nunca mais parei”

Bel Moura, 39 anos, filha de Dona Cida (Destaque da Vai Vai) e de seu Finé na Cuíca ( um dos ritmistas mais respeitados da Rosas de Ouro) é a Rainha do Camarote 011 em São Paulo. Seu primeiro desfile foi aos 4 anos de idade no Bloco Carnavalesco Caprichosos do Piqueri como destaque da Ala Mirim. Aos 7 anos desfilou pela primeira vez no Grupo Especial de São Paulo, na Unidos do Peruche, à frente da ala afro coreografada ao lado de sua irmã.

Ao longo dos anos passou pela elite das escolas do grupo Especial como Camisa Verde e Branco, Águia de Ouro, Rosas de Ouro entre outras. Mas foi em 2011, que teve uma grande oportunidade de participar do Grupo Miscigenação da Mocidade Alegre e foi neste momento que sentiu seu coração bater mais forte, acelerado como o pulsar do coração da escola, a bateria. “Senti que era minha escola do coração”, explica a sambista.

Leia mais  Mudança digital no setor público: investimentos em tecnologia buscam desburocratização do Estado

De 2011 a 2019 se dedicou à agremiação e passou a ser destaque de chão. Em 2012, foi princesa da Corte da UESP e em 2023 além de brilhar no camarote 011 também foi Musa do Bloco do Fervo.

Léo Rizzo, empresário e responsável pelo Camarote 011 no Sambódromo desde 2019, explica com orgulho o papel da Rainha do Camarote 011. “Queríamos alguém da comunidade do samba, com raíz, histórias e quando conheci a Bel percebi que seria a Rainha perfeita para nos representar. Muita simpatia, samba no pé e amor pelo samba”, explica.

A Rainha do Camarote 011 recepciona os convidados em todos os dias de desfile do Grupo Especial e também do Acesso 1 (dias 9,10 e 11 de fevereiro) , além do desfile das Campeãs, no dia 17 deste mês.