Podcast, especializado em notícias OOH, aborda em seu 14º episódio virada das campanhas em Busdoor no pós-pandemia

Publicitária Juliana Scivoletto contará como a inovação e a criatividade estão atraindo as empresas para investir em mídias tradicionais

É impossível negar que, com o passar dos anos, a tecnologia não parou de avançar e a internet ficou cada vez mais presente nas nossas vidas. No meio disso tudo e alto poder de influência que as redes sociais trazem, muitas pessoas passam a duvidar da eficácia da mídia offline. Ela nada mais é do que uma publicidade que comporta a TV, outdoors, jornais, revistas, rádio, folders, eventos, entre outros, cujo objetivo principal é impactar diferentes tipos de públicos e atrair novas pessoas.

Um exemplo popular é a Avenida Times Square, em Nova York, nos Estados Unidos. A Times Square abriga monitores digitais com os mais variados tipos de anúncios, além de ser um ponto estratégico para a publicidade tradicional.

Além disso, a mídia tradicional abrange cerca de 60% da população economicamente ativa no Brasil, segundo uma pesquisa publicada pelo jornal Estado de S.Paulo. As projeções para o mercado são gerar uma receita de US$ 5 bilhões até 2023. Isso indica a potência da mídia offline, mesmo com a mídia online em evidência. Ambas, devem se complementar, isto é, o investimento na mídia tradicional não anula a importância da presença da marca também no universo online.

A publicitária Juliana Scivolleto, Gerente de Mercado da Itabus, participa de uma entrevista exclusiva no AJ Podcast, o primeiro no Brasil focado em notícias mídia out of home, com o Antônio Jose, fundador. A especialista afirma que a gente precisa olhar para o cliente cada vez mais trazendo coisas novas. “Hoje o que a Itabus se propôs a fazer é: O que o cliente quer de novo? O que podemos fazer para encantá-lo de alguma forma? Estamos olhando para os projetos sociais com muito carinho, trazendo diferenciais para deixar de fazer mais do mesmo”, explicou a especialista.

Leia mais  Bia Santos é homenageada no Museu da Bolsa do Brasil

Ainda durante o bate-papo, Juliana abordará sobre a relação do digital e da mídia offline com o que a Itabus traz nas campanhas e projetos. “O mercado de mídia offline está totalmente atrelado ao digital. Temos que olhar para isso e linkar com os nossos negócios. Hoje, quando você faz uma ação diferente na rua, você precisa saber que isso vai reverberar nas redes sociais. Porque as pessoas estão digitais, você tem as telas a todo momento, mas você vai se locomover. Por isso, temos o “out off home” no percurso do consumidor. Costumamos dizer que o anúncio bacana é você estar 100% digital. Para nós olhar para o digital é fazer acontecer”, finaliza a gerente da Itabus.

Quem quiser acompanhar o episódio, Scivolleto tem MBA em Marketing pela Fundação Getúlio Vargas e é especialista em comportamento do consumidor.

Com mais de 15 anos de marcado, possui passagens em Rádio e TV pelo interior de São Paulo e na Itabus atua com as maiores contas e agências da empresa.