Vagner Cardoso, CEO da Terra Nostra, lista os principais erros na hora de solicitar a cidadania italiana

Vagner Cardoso, CEO da Terra Nostra Cidadania, também fala se obrigatório contratar assessoria especializada

O processo de reconhecimento da cidadania italiana é burocrático.É preciso gastar seu tempo, energia e ter bastante atenção para evitar surpresas desagradáveis. É comum a pessoa cometer alguns erros que podem levar a um pedido negado.

“É comum perceber alguns erros recorrentes ao buscar a cidadania italiana. Um deles é a falta de documentação adequada, o que pode atrasar ou até mesmo causar o indeferimento do pedido. É importante também entender se você se qualifica para a cidadania italiana por descendência, casamento ou outros meios, para garantir que está seguindo o processo correto’, explica Vagner Cardoso, CEO da Terra Nostra Cidadania.

“A falta de acompanhamento adequado do progresso do pedido também é um erro comum. A burocracia envolvida pode ser complexa, e muitas pessoas acabam perdendo prazos importantes ou não respondendo a solicitações de informações adicionais a tempo”, completa o advogado.

Leia mais  Bruno Rupf orgulha-se de ter levado muitas pessoas a crescerem na profissão no decorrer de 2022

Por isso, contar com uma assessoria especializada pode facilitar o reconhecimento da cidadania italiana. “Nossa assessoria é uma mão amiga nesse processo. Orientamos desde o início, ajudando a reunir os documentos corretos e a entender os requisitos. Com a nossa experiência, evitamos erros. Oferecemos uma bússola nesse labirinto burocrático, proporcionando um trajeto mais tranquilo”, diz Vagner.

O especialista diz que não é obrigatório contar com uma assessoria, mas é uma escolha inteligente. “Com nosso conhecimento detalhado, podemos conduzir o processo de forma eficiente, poupando tempo e minimizando estresse. A assessoria é uma garantia para quem busca a cidadania italiana de maneira segura e eficaz”, finaliza.