Artista cria ‘sintonia’ entre surfista e mar em arte oficial da abertura do Circuito Banco do Brasil de Surfe

Primeira etapa do torneio acontece em Torres, entre 14 e 17 de março e teve arte produzida pela ilustradora Nazura

A World Surf League (WSL) revelou, nesta quinta-feira (14), o pôster oficial da etapa de abertura do Circuito Banco do Brasil de Surfe de 2024. A competição do Qualifying Series (QS), que é uma divisão de acesso para o Challenger Series, está programada para ocorrer entre 14 e 17 de março, em Torres, no litoral do Rio Grande do Sul. O campeonato atribuirá 1000 pontos para o ranking regional da WSL na América Latina, tanto no masculino quanto no feminino.

Neste ano, a mente criativa por trás da arte oficial do evento foi a artista visual Nazura, que, em parceria com a PerifaCon, coletivo do qual faz parte, desenvolveu toda a obra. De acordo com a ilustradora, a inspiração para o pôster surgiu da profunda ligação entre o surfista e o mar, considerado como uma “segunda casa” pelos praticantes do esporte. Utilizando cores vibrantes para transmitir sincronia com a natureza, a autora buscou personificar essa relação como se fosse um único corpo.

“Na criação da arte para o Circuito Banco do Brasil de Surfe, busquei traduzir o que enxergo do mar e da conexão que o surfista tem com ele. Para isso, personifiquei esses dois elementos principais, como se estivessem em sincronia absoluta, para que o corpo de um fosse a extensão do corpo do outro. A arte é uma validação de nossos sentimentos, uma investigação profunda sobre quem somos, e o pôster visa trazer essa profundidade ao público”, destaca Nazura.

Após um intervalo de duas décadas, a WSL retorna à cidade de Torres, reconhecida historicamente como um celeiro de talentos no cenário nacional. Entre os surfistas da região que já escreveram parte da história do Brasil na modalidade, estão os renomados irmãos Dornelles, Daison Pereira, Marcel Miranda e Ricardo Sefton.

Leia mais  Cambuci S.A fatura mais de R$231 milhões em 2023 e registra o seu melhor primeiro semestre da história

Esta edição reunirá alguns dos principais surfistas do cenário nacional. Entre eles, destaca-se a presença do campeão mundial de 2015 e atual treinador da equipe olímpica de surfe italiana, Adriano de Souza, além de jovens talentos como Ryan Kainalo, Gabriel Klaussner e Heitor Mueller. No feminino, a atleta Tainá Hinckel, recentemente classificada para os Jogos Olímpicos de 2024 e campeã da temporada 2023-2024 da WSL South America, também será uma das competidoras em destaque, junto com a nova geração representada pelas surfistas Laura Raupp e Isabelle Nalu.

Além das competições, o evento proporcionará ao público uma variedade de atividades gratuitas. Os participantes poderão desfrutar de aulas de surfe, beach tennis, aula funcional, yoga e uma área kids especialmente planejada. Além disso, o local trará inovações como o programa Novas Ondas, que oferece aos jovens a oportunidade de interagir com atletas profissionais e participar de atividades educacionais ambientais. Essas iniciativas visam proporcionar uma experiência completa unindo esporte, entretenimento e responsabilidade ambiental.

Sobre a World Surf League:

A World Surf League (WSL) é a casa do surf competitivo no planeta, coroando campeões mundiais desde 1976, apresentando os melhores surfistas do mundo. A WSL supervisiona o cenário competitivo global do surf e estabelece o padrão para o desempenho de alta performance no ambiente mais dinâmico de todos os esportes. Com um firme compromisso com os seus valores, a WSL prioriza a proteção do oceano, a igualdade de gêneros e a rica herança do esporte, ao mesmo tempo que destaca a progressão e a inovação. Para mais informações, visite o WorldSurfLeague.com.