Fome Hedônica: a busca por prazer na comida como uma “compensação” para as emoções negativas.

Normalmente os alimentos buscados nessas situações são ricos em carboidratos e gorduras e açúcares.
Resultado; possível ganho de peso e desenvolvimento de obesidade, distúrbios metabólicos, hipertensão, diabetes, além de poder evoluir para a compulsão alimentar.

Pacientes com esse tipo de comportamento precisam de acolhimento e tratamento, geralmente de forma multidisciplinar, envolvendo nutricionista, psicólogo e, em certos casos, também o médico psiquiatra.

Ainda que a intenção seja boa, o efeito é negativo. É preciso cuidar dessas emoções, para que a pessoa possa se reequilibrar e voltar a se alimentar com prazer, mas de forma comedida e inteligente, sem atribuir à comida uma função que não lhe cabe.

Leia mais  Receita de Molho pesto saudável

Consulte o seu nutricionista se você percebe um comportamento deste tipo. Com a orientação adequada, ficará mais fácil diferenciar a fome física da emocional e criar caminhos mais saudáveis para que você volte a se relacionar de forma equilibrada não só com a comida, mas também com as suas próprias emoções.

#fomehedonica #comeremocional #compulsaoalimentar #nutricionista #ajudanutricional