Marketing: Como a área evoluiu do cartão de visita para o Marketing digital?

Marketing digital

Da manufatura à era digital pós-moderna, nossa civilização passou por uma evolução fascinante relacionada a negócios. E no ramo do marketing não foi diferente. Assim, vamos voltar no tempo para destacar como o marketing evoluiu e passou a influenciar nossa sociedade capitalista ao longo dos anos nos negócios.

Pois em uma economia de livre mercado, o marketing é tão onipresente que não paramos para pensar em como ele começou e cresceu até o que é hoje.

Como as pessoas descobriram produtos no início de 1900? É difícil imaginar, para esta geração de mídia social, como os idosos tradicionalmente faziam seu negócio crescer e difundir sem smartphones.

Visto isso, o marketing, por si só, passou por uma transformação dramática durante séculos. Onde não sentimos seu efeito imediatamente, começando como uma disciplina distinta que passou por diferentes períodos de refinamento.

E com as forças econômicas no comando, as empresas se depararam com a realidade de competir pela atenção dos clientes e, ao mesmo tempo, garantir o ROI (Retorno sobre o Investimento).

Então, vamos nos aprofundar em como a evolução do marketing aconteceu nos negócios. Pois olhando para trás no tempo, apreciamos o que ele tem a oferecer no futuro.

O marketing sempre foi essencial para os negócios; veja como o conceito chegou ao patamar atual.

 Era da Orientação da Produção (1800-1920)

Esta era evidenciou um foco inserido na produção em massa. Onde as fábricas achavam que seus clientes estavam propensos a pagar por itens baratos e rapidamente disponíveis.

Assim, os esforços de negócios foram voltados especialmente para amplificar a quantidade e não a qualidade da produção. Desse modo, os fabricantes seguiram o princípio da produção em massa para aumentar as vendas e reduzir custos.

Esse movimento econômico principiou a ascensão da Revolução Industrial, que iniciou na Grã-Bretanha e se expandiu pelo mundo.

 Era da Orientação de Vendas (décadas de 1920 a 1940)

Conforme mais negócios entravam no campo, mais as técnicas de vendas se tornavam competitivas. Geralmente, os produtos fabricados em massa já eram a regra. Nessa época, as fábricas se preocupavam mais com a quantidade de vendas do que com o contentamento do freguês.

Isso inseriu a ideia de que os consumidores desejariam obter os produtos de uma empresa se fossem cativados por promoções de vendas envolventes. Assim, a Orientação de Vendas foi um período em que os negócios dependiam arduamente de promoções de marketing para vender itens que as empresas fabricavam.

Leia mais  HB Store Bolsas conquista cliente no Brasil e exterior

 Era da Orientação de Marketing (décadas de 1940 a 1970)

Foi em torno de 1940 que as fábricas perceberam que o foco somente nas demandas dos negócios muitas vezes deixava os fregueses descontentes. Nessa fase, as técnicas de marketing das empresas incluíam a identificação do que os clientes necessitavam e a customização eficiente das ações que atendiam a essas precisões.

Assim começou o Conceito de Marketing. Que gira em volta da ideia de que alcançar as metas de negócios depende primeiro do reconhecimento das demandas dos clientes-alvo. Em adição, preocupa-se em garantir-lhes a satisfação almejada em relação à concorrência. 

 Orientação Social (década de 1970 até o presente)

Nesta época, uma teoria chamada marketing social entrou em vigor. Sendo um conceito que enfatizou a responsabilidade de uma organização em desenvolver estratégias que impactem positivamente o bem-estar dos consumidores e o meio ambiente.

E originou-se de um conflito de interesses entre satisfazer as necessidades de curto prazo dos fregueses com o bem-estar da sociedade a longo prazo.

Aqui estão os meios usados como ferramentas de marketing pela publicidade, ao longo do tempo.

  • 15 ct – 1900: revistas, cartazes, outdoors;
  • 1900 – 1973: rádio, TV, telefones;
  • 1973 – 1994: celulares, computadores;
  • 1995 – hoje: desktop e dispositivos móveis inteligentes.

 Marketing digital (década de 1990 até o presente)

Foi nessa época que o mundo testemunhou uma transformação na dinâmica do marketing. Onde os especialistas da classe lutaram para criar suas campanhas por caminhos tradicionais. Contudo, não conseguiram tantas progressões quanto esperavam.

Além disso, as antigas ferramentas de marketing limitavam sua performance, dificultando o alcance do público em potencial. Então veio o advento do marketing digital. Que abriu brechas oportunas para melhor exposição de produtos ou serviços e gerar tráfego.

Portanto, desde o começo dos anos 90 até hoje, quase metade dos habitantes da Terra está online. E desde então, os negócios passaram para plataformas digitais para alcançar definitivamente seu mercado-alvo.